sábado, 19 de janeiro de 2008

Engolir esperma faz mal, mitos e fatos



MITOS

  • O esperma é sujo - Muitos acham que pela proximidade do sistema urológico ao sistema genital, o esperma contém sujeiras expelidas pelo nosso corpo na urina. É mentira. De fato tanto o esperma quanto o “xixi” saem pelo menos canal, a uretra. Mas nem o esperma nem a urina contém impurezas nocivas à nossa saúde.
  • Beber esperma engravida - Taí outra mentira. Sua vó ou sua mãe carola devem ter te dito isso na sua infância com medo de que você caísse de boca em qualquer pinto que visse pela frente. Para haver a concepção, são necessárias várias condições desde temperatura até PH. Sem contar que você não consegue gerar um filho no estômago.
  • Esperma tem gosto ruim - Depende. Além de isso depender diretamente da parte da língua que tem o contato com o líquido (é sério, a língua é dividida em partes que detectam o sabor doce, amargo, azevo, salgado…), pesquisas revelam que o estilo de vida das pessoas faz com que elas encarem de formas diferentes o tal gosto.

FATOS

  • Composição do esperma - O esperma é constituído por espermatozóide (os gametas masculinos), líquido prostático (como o próprio nome diz, líquido produzido pela próstata), líquido seminalo (da vesícula seminal) além dos ácidos asorbico, cítrico, úrico, lático e pirúvico; contém também frutose, potássio, colesterol, uréia, magnésio, zinco e vitamina B12, E e C.
  • Bactérias - Nosso organismo é capaz de nos proteger de possíveis bactérias (veja bem, bactérias, e não vírus) contidas no esperma.
  • Esperma engorda? Durante uma ejaculação, em média de 4 centímetros cúbidos de esperma são expelidos, o que equivale a 4 gramas. Esta quantia aproximadamente contém 35 calorias além de gorduras e proteínas. Ejacular na boca engorda menos o parceiro que levar pra lanchar no McDonalds. Sem contar as calorias queimadas no ato sexual.

De qualquer forma, estas são respostas científicas à indagações puramente sistemáticas. O que importa, de verdade, é o prazer que isso proporciona à você e sua parceira. Se ela gosta, façam tranquilamente. Mas, antes de qualquer coisa, façam exames períodicos de saúde inclusive de doenças sexualmente transmissíveis. Essas sim podem (e serão) prejudiciais. E, sinceramente, se você tem certeza que sua namorada tem uma irmã e ela fez o juramento de Hipócrates, ou ela não quer que sua irmã leve porra na boca ou ela tá com inveja.

Faça que nem a nossa galega ministra: relaxa e goza

Nenhum comentário:

Postar um comentário